Breve Histórico da Igreja Luz

       No mês de setembro de 2007 o Rev. Jean do Nascimento Chagas elaborou um projeto de plantação de Igreja voltado para o contexto urbano:

  • A visão contemplava uma comunidade que priorizaria o propósito de promover a glória de Deus mediante a adoração inspirativa, compromisso com a proclamação, discipulado, serviço como marca do sacerdócio de todo cristão e o amor como caminho excelente na relação com Deus e o próximo;

  • A Teologia Reformada, o discipulado como modelo pedagógico, a comunhão do corpo e a ação missionária integral deveriam ser dimensões centrais na esfera das suas ações;

  • Os eixos estratégicos seriam os programas de discipulado, os pequenos grupos, as celebrações públicas, os ministérios de serviço e a logística para a ação missionária da comunidade em direção ao mundo.

A Preparação

       Desde o começo, a comunidade a ser plantada denominou-se Igreja Presbiteriana Luz, sendo o esforço em todos os passos iniciais compartilhado por Márcia de Melo Almeida Nascimento, esposa do Rev. Jean e seus filhos. A princípio, cogitou-se a implantação do projeto em Brasília. Contudo, por aconselhamento com diversos líderes, e em especial com o Rev. Young Giu Ko, a decisão de plantar a Igreja Luz em Goiânia foi tomada.

       Neste período, a constante influência motivadora do Rev. Silas Rebouças Nobre, Rev. Eurípedes Pereira de Brito e Rev. Jair Francisco de Macedo foi de grande contribuição. Durante o mês de outubro de 2007, as conversações sobre as parcerias necessárias para a implantação do projeto se desenrolaram. Convidado a comparecer a um encontro na residência de Alcione Rodrigues Coelho, o Rev. Jean Chagas ouviu o apelo de 11 pessoas para agregarem-se ao sonho da Plantação da Igreja. Considerando que estes irmãos eram oriundos da Igreja Presbiteriana de Campinas, anteriormente pastoreada pelo Rev. Jean, ele solicitou que os irmãos registrassem o pedido e informasse tal desejo à sua Igreja de origem, o que fizeram prontamente.

       No mesmo período, as famílias do sr. Júlio Cézar Silveira de Almeida e do sr. Aylton Alves Dias Filho, manifestaram o desejo de apoiar o projeto desde seu começo. Tais famílias haviam sido pastoreadas pelo Rev. Jean, tempos atrás, no Município de Bela Vista de Goiás e agora eram residentes em Goiânia. Desde as primeiras conversações, agregou-se como importante apoio o seminarista e missionário Ericson Liberato Martins e sua família. Como resultado de um diálogo com o Rev. Saulo Pereira de Carvalho, diretor do Seminário Presbiteriano Central, foi cedido à estrutura física do SPBC para os Encontros Preparatórios.

O Começo

       No dia 21 de outubro de 2007, aconteceu o primeiro Encontro para lançamento do projeto. Neste encontro, participaram 92 pessoas, entre adultos e crianças. Encontros dominicais passaram a acontecer. Em função da grande amizade e respeito mútuos com o Rev. Silas Nobre, bem como o vínculo afetivo do plantador com a Igreja Presbiteriana de Vila Morais, o Rev. Silas, encaminhou o pedido de parceria com o projeto para conceder jurisdição à Igreja Luz como Congregação da IP Vila Morais.

       No dia 11 de novembro de 2007 a parceria foi oficializada em Assembléia, tornando o projeto em Congregação da referida Igreja. O Conselho da IP Vila Morais nomeou como membros da Mesa Administrativa da Congregação os irmãos Márcio Pereira Nunes, Anderson Dutra e Silva, Célio de Oliveira Campos o Sem. Ericson Martins e como seu presidente o Rev. Jean. Para a Tesouraria foi nomeada a irmã Ana Carla Borges Pereira Nunes.

       Dois outros pedidos de parceria foram apreciados: Em novembro a Redeemer Presbyterian Church (New York-NY USA) tornou-se parceira em investimento financeiro no sustento e treinamento do plantador pelos anos de 2008 a 2010 e a Igreja Presbiteriana Água Viva (São Paulo-SP) agregou-se como parceira nos programas de discipulado e treinamento de ministérios.

       No mês de dezembro foi alugado um salão comercial na Avenida República do Líbano, nº 125 Setor Aeroporto, Goiânia-GO, de modo que no dia 31 de dezembro de 2007 a comunidade deslocou de seus encontros preparatórios no SPBC para o novo salão, cuja estrutura foi remodelada no decorrer dos primeiros meses de 2008.

       Nestes meses, as estratégias centrais foram plantadas. Seis Pequenos Grupos (denominados Candeias) foram formados. Três grupos de discipulado foram iniciados. As celebrações dominicais tomavam volumosa participação com alegria. Os primeiros ministérios específicos começaram a surgir. A comunidade começava a se preparar para sua primeira viagem missionária em parceria com o Projeto que leva o nome do país alvo : Peru. Em julho a viagem foi organizada, tendo a participação de nove missionários enviados para atuarem durante todo o mês.

A Primeira Conferência Luz

       Ao chegar o primeiro aniversário de fundação em outubro d 2008, foi organizada a Primeira Conferência Luz para Evangelização e Discipulado. Os preletores principais forem o Rev. Young Ko (representando a parceria com a IP Água Viva), o Rev. Osni Ferreira e o miss. Bryan Hanns (representando a parceria com Redeemer Presbyterian Church).Nesta ocasião a Congregação recebeu a visita de diversos pastores e líderes, brasileiros e americanos.

       Em 04 de dezembro de 2008, o Conselho da IP Vila Morais apresentou na reunião de fundação do Presbitério Metropolitano de Goiânia o pedido de organização da comunidade. O pedido foi apreciado e aprovado com data prevista para a organização em 08 de março de 2009.

Atualmente

       Atualmente a Igreja Luz conta com várias Candeias (Pequenos Grupos) e grupos de discipulado, ministérios em atuação, pujante ação missionária e cultos regulares inspirativos.

       Outra importante parceria foi firmada com a Perimeter Presbyterian church (Atlanta – GE – USA) na área de treinamento de liderança.

       Cresce no coração de cada pessoa que compõe a Família Luz o sentimento de gratidão a Deus e a todos os parceiros. Cada parceiro e membro da comunidade foram instrumentos do Senhor para que o projeto deixasse a esfera subjetiva e materializasse em Corpo Vivo a serviço do Reino Eterno de Cristo.