Estudo Candeia – Sup. os erros em família – A inconsequência

Categories: Candeia,Notícias

Estudo Dirigido para Candeias

Superando os erros em família

Gn 25.27-34

 

Leitura Bíblica Gênesis 25:27-34

Os meninos cresceram. Esaú tornou-se caçador habilidoso e vivia percorrendo os campos, ao passo que Jacó cuidava do rebanho e vivia nas tendas.
Isaque preferia Esaú, porque gostava de comer de suas caças; Rebeca preferia Jacó.
Certa vez, quando Jacó preparava um ensopado, Esaú chegou faminto, voltando do campo,
e pediu-lhe: “Dê-me um pouco desse ensopado vermelho aí. Estou faminto! ” Por isso também foi chamado Edom.
Respondeu-lhe Jacó: “Venda-me primeiro o seu direito de filho mais velho”.
Disse Esaú: “Estou quase morrendo. De que me vale esse direito? “
Jacó, porém, insistiu: “Jure primeiro”. Então ele fez um juramento, vendendo o seu direito de filho mais velho a Jacó.
Então Jacó serviu a Esaú pão com ensopado de lentilhas. Ele comeu e bebeu, levantou-se e se foi. Assim Esaú desprezou o seu direito de filho mais velho.

Gênesis 25:27-34

Encontro – Quebra Gelo:

Qual foi a pior troca que você já fez com os seus irmãos? Por quê?

Exaltação:

  1. Cân>co 1 – _________________________________.
  2. Cân>co 2 – _________________________________.

Edificação:

O texto em estudo refere-se aos filhos de Isaque e Rebeca, o primeiro foi Esaú, o segundo Jacó.

Jacó embora >vesse um nome detestável e caráter ques>onável, era um homem tranquilo, amadurecido, diligente e pacífico, ele ainda valorizava a bênção divina e a herança eterna; sem a interferência de Rebeca a profecia revelada a ela antes do nascimento de Jacó, poderia ter se cumprido nele (v.23), sem humilhação e sem sofrimento. Mas ela quis ajudar…

Esaú, no entanto, era homem selvagem e indisciplinado; ele negociou o seu direito de filho mais velho por um prato de ensopado a fim de encher seu estômago vazio. Ele foi inconseqüente! Isso demonstrou também o vazio do seu coração; ele desprezou as coisas mais importantes da vida: as promessas de Deus e a bênção eterna, por ser imoral e profano (Hb 12.16).

Sua maior preocupação foi sa>sfazer suas necessidades `sicas imediatas, ele não pensou no futuro. Ele era incapaz de recusar uma gorjeta agora, para ganhar riqueza eterna amanhã. A inconseqüência de Esaú nos prepara para evitar e superar os erros familiares hoje, ou seja, se pudermos antecipadamente ver as possíveis conquistas no futuro, teremos mais força para deixar prazeres momentâneos do presente, que nos impedem de alcançar o que realmente interessa: a herança eterna. Portanto, antes de decidir, de agir ou reagir, pense nas consequências futuras.

!Capacitação
1)- Qual a vantagem de ser o primogênito?
2)- Se a primogenitura é tão importante, o que levou Esaú a trocá-la por um prato de ensopado? 3)- O que você acha que Esaú deveria ter feito diante da oferta de Jacó?

Prestação de Contas

1)- Você já ajudou seus irmãos apenas para levar vantagem?
2)- Você se acha mais parecido com Esaú ou com Jacó? Por quê? 3)- Você perdoaria Jacó se ele fosse seu irmão? Por quê?

Evangelização – Missão

1)- Você possui alguma coisa ou principio que gostaria de dividir com algum familiar seu? 2)- Algum amigo, parente ou irmão já te perdoou por algo errado que você fez?

!Oração
1)- Qual erro familiar tem desafiado mais sua família : o egoísmo, a manipulação, a inconsequência… ? 2)- Qual estratégia você pretende adotar para superar estes desafios?

Versão para Impressão