Estudo candeia -O Seguidor de Jesus calcula as suas ações

Categories: Candeia,Notícias

Estudo Dirigido para Candeia

O Seguidor de Jesus calcula as suas ações

 

Lucas 14:27-30

E aquele que não carrega sua cruz e não me segue não pode ser meu discípulo.
“Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la?
Pois, se lançar o alicerce e não for capaz de terminá-la, todos os que a virem rirão dele,
dizendo: ‘Este homem começou a construir e não foi capaz de terminar’.
Lucas 14:27-30

 

Encontro – Quebra Gelo:

Se você estivesse em um programa de TV, você arriscaria ganhar o premio de 150 mil, sabendo do risco de perder 75 mil que já havia ganhado? Por quê?

Exaltação:

Cântico 1 – _________________________________.

Cântico 2 – _________________________________.

 

Edificação:

Verdade

Seguir a Jesus e continuar o seu projeto como discípulo, significa viver uma nova dimensão com as pessoas, com as coisas materiais e consigo mesmo. Trata-se de assumir com liberdade e fidelidade a condição de servo, sem superficialismo, conveniência ou romantismo. O discípulo de Jesus deve ser realista, a fim de evitar ilusões e covardias vergonhosas.

No tempo de Jesus a sociedade estava ciente da expressão “tomar a própria cruz”. Quando os romanos conduziam um criminoso ao local de execução, ele era forçado a carregar a própria cruz em que morreria. O que reafirmava sua submissão à Roma e advertia os desavisados de que seria melhor submeter-se também. Jesus usou esta ilustração para ensinar as pessoas a comedirem seu entusiasmo por Ele. Encorajou os que eram superficiais a aprofundarem-se ou a desistirem. Seguir a Cristo exige submissão total a Ele; em alguns casos, até a morte.

Portanto, seguir a Jesus exige cálculo minucioso; como o de um construtor que não quer ver sua construção inacabada. Seguir a Jesus sem calcular o custo de seu compromisso com Ele pode significar abandoná-lo depois de algum tempo! Quais são estes custos? Os cristãos podem enfrentar a perda da posição social ou de riquezas. Podem ter que abrir mão da escolha quanto ao que fazer com seu dinheiro, seu tempo ou sua carreira. Podem ser odiados, separados de sua família, e até mesmo morrer.

Seguir a Cristo não significa ter uma vida livre de oposições e opositores. Devemos calcular cuidadosamente o custo de nos tornarmos discípulos de Cristo, para manter firme a nossa fé e para não sermos tentados a voltar atrás.

O que mais lhe chamou a atenção no texto que lemos (Lc 14.27-30)?

 

Capacitação

1)- O que construir uma torre, ou sair à guerra, tem a ver com seguir a Jesus?

2)- Por que Jesus impôs esta condição para quem quisesse segui-lo?

3)- Ao aceitar ser crucificado a quem Jesus estava demonstrando submissão? Por quê?

 

Prestação de Contas

1)- Como está lidando com os custos do discipulado diante das demandas sociais?

2)- Que tipo de conduta você deve externar para levar sua família à refletir sobre a fé em Jesus?

3)- Compartilhe uma experiência, que você tem vivido, que pode atestar e edificar aqueles que também são discípulos de Jesus.

 

Evangelização – Missão

1)- Como você tem planejado influenciar positivamente a fé daqueles que vivem ao seu redor?

2)- De forma prática, que benefício a fé e o discipulado pode trazer para seus amigos e parentes através de você?

 

Oração

1)- Peça a Deus atitudes que possam questionar e causar reflexão nas pessoas do seu convívio.

2)-Agradeça a Deus, por aquela pessoa que um dia teve coragem e amor para lhe apresentar o evangelho.

 
Versão para impressão