Estudo Candeia – O ministério do Espírito Santo

Categories: Candeia,Notícias

Estudo Dirigido para Candeia

O ministério do Espírito Santo

2 Coríntios 3:7-18

7 O ministério que trouxe a morte foi gravado com letras em pedras; mas esse ministério veio com tal glória que os israelitas não podiam fixar os olhos na face de Moisés por causa do resplendor do seu rosto, ainda que desvanecente
8 Não será o ministério do Espírito ainda muito mais glorioso?

9 Se era glorioso o ministério que trouxe condenação, quanto mais glorioso será o ministério que produz justiça!

10 Pois o que outrora foi glorioso, agora não tem glória, em comparação com a glória insuperável.

11 E se o que estava se desvanecendo se manifestou com glória, quanto maior será a glória do que permanece!

12 Portanto, visto que temos tal esperança, mostramos muita confiança.

13 Não somos como Moisés, que colocava um véu sobre a face para que os israelitas não contemplassem o resplendor que se desvanecia.

14 Na verdade as mentes deles se fecharam, pois até hoje o mesmo véu permanece quando é lida a antiga aliança. Não foi retirado, porque é somente em Cristo que ele é removido.

15 De fato, até o dia de hoje, quando Moisés é lido, um véu cobre os seus corações.

16 Mas quando alguém se converte ao Senhor, o véu é retirado.

17 Ora, o Senhor é o Espírito e, onde está o Espírito do Senhor, ali há liberdade.

18 E todos nós, que com a face descoberta contemplamos a glória do Senhor, segundo a sua imagem estamos sendo transformados com glória cada vez maior, a qual vem do Senhor, que é o Espírito.

 

Encontro – Quebra Gelo:

Quando criança, o que mais te intrigava e por mais que se esforçasse não conseguia entender?

 

Exaltação:

1 Cântico_______________________________________________________

2 Cântico_______________________________________________________

 

 

Edificação

 

Verdade.

Há um contraste evidente entre a antiga e a nova aliança. A velha com o tempo perdeu o brilho. Mas a nova, a despeito do tempo, se mantém viva eternamente; a velha revela a condenação, a nova, a justificação. A velha foi escrita na pedra, e resplandeceu no rosto de Moisés, mas desapareceu! A velha aliança não foi solução, a longo prazo, para o problema do pecado e trouxe a seguinte percepção: os eventos idealizados pelos líderes honestos e fieis da igreja, são de grande valor para manter o entusiasmo e a alegria dos fieis, mas isso funciona até as dificuldades chegarem, ou seja, por pouco tempo.

No entanto, a nova aliança foi escrita no coração. “A nova aliança” é a proposta de Deus em Cristo Jesus, ela é a única que satisfaz plena e continuamente o coração daquele se entrega e se rende a Deus. E o que diferencia o crente imaturo do crente maduro é a compreensão dessas alianças. Quando o crente imaturo ora, pede insistentemente uma nova oportunidade para acertar o que fez de errado. Quando o crente maduro ora, admite e compreende que só o Espírito Santo pode reparar os seus erros e conduzi-lo ao acerto.

 O governo de Deus está presente na antiga e na nova aliança! Mas ao contrário da velha aliança que refletiu externamente no rosto de Moisés, a nova aliança trata e transforma o interior do coração, refletindo o governo de Deus nas ações e reações continuamente na vida dos crentes, onde quer que eles estejam.

Quanto maior intimidade com Deus, mais a sua glória se refletirá na vida daqueles o amam. O ministério do Espírito Santo é ilimitado! Alcança o indivíduo, a família sanguínea e espiritual e a sociedade como um todo….

-Há alguma consideração que você gostaria de fazer sobre o texto bíblico (2Co 3.7-18)?

 

Capacitação.

  1. Qual é o assunto principal desse texto que acabamos de ler?
  2. O que levou Moisés a colocar um véu no rosto?
  3. Quem o texto está dizendo que o Espírito Santo é?

 

Prestação de contas.

  1. Que tipo de véu o está impedindo de conhecer a Deus?
  2. Que sentimento a aliança da salvação gera em seu coração?
  3. Ao pensar na eternidade o que te dá esperança agora?

 

Missão e evangelismo.

1.O que Deus espera do povo ao conceder-lhes acesso à sua lei?

2.Que conexão podemos fazer desse evento passado, com o agora, no nosso círculo relacional?

 

Oração.

  1. A quem você gostaria de apresentar o plano da salvação e orar nesse momento?
  2. Há alguém enfermo que você gostaria de colocar na presença de Deus e pedir cura?

Versão para impressão