Estudo Candeia – Cristo vive! Aleluia

Categories: Candeia,Notícias

Estudo Dirigido para Candeia

Cristo vive. Aleluia!

1 Coríntios 15:50-58

Irmãos, eu lhes declaro que carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem o que é perecível pode herdar o imperecível.
Eis que eu lhes digo um mistério: nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados,
num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta. Pois a trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis e nós seremos transformados.
Pois é necessário que aquilo que é corruptível se revista de incorruptibilidade, e aquilo que é mortal, se revista de imortalidade.
Quando, porém, o que é corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal, de imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrita: “A morte foi destruída pela vitória”.
“Onde está, ó morte, a sua vitória? Onde está, ó morte, o seu aguilhão? “
O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.
Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil.

 

Encontro – Quebra Gelo:

Em que fase da vida você experimentou as maiores mudanças? E quais foram essas mudanças?

 

Exaltação:

1 Cântico_______________________________________________________

2 Cântico_______________________________________________________

 

 

Edificação

 

Verdade.

Neste mês, foi noticiada a morte de mais de 150 jovens cristãos em uma faculdade do Quênia, por terem confessado sua fé em Cristo diante de terroristas Islâmicos armados com metralhadoras. Tal confissão, até a morte, só faz sentido na vida de um Cristão que compreendeu com profundidade a ressurreição de Jesus.

 

O fato de Jesus estar vivo torna o Cristão um ser transcendente, capaz de superar as deficiências físicas, mentais ou emocionais de forma sobrenatural. Ou seja, os deficientes visuais podem ver um novo modo de desfrutar a vida; os deficientes auditivos podem ouvir o evangelho da salvação em Jesus; os deficientes físicos podem andar no amor de Deus.

 

A ressurreição enche o coração dos Cristãos de esperança, mesmo em meio ao sofrimento desesperador, por isso, cultivam a fé de que chegará o dia da sua própria ressurreição eterna, quando receberão corpos que não sofrerão mais com doenças e dores.

 

Com a ressurreição, Cristo desbancou a morte que alimenta o pecado no mundo e a lei que mostra o que é pecado, mas não oferece força para vencê-lo. Agora, quem acredita no Cristo ressurreto, pode a todo pulmão, entoar o cântico da vitória eterna em Cristo.

 

No entanto, o evento da ressurreição de Cristo requer dos Cristãos uma ação missionária em todos os níveis da vida. Pois “no Senhor nosso trabalho não é vão”. Se nós temos disposição para viver por Ele, nós temos disposição para morrer por Ele. Cristo vive. Aleluia! “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!”

 

-Há alguma consideração que você gostaria de fazer sobre o texto?

 

Capacitação.

  1. Como Jesus venceu a morte?
  2. O que caracteriza a ressurreição?
  3. Quando se dará esse evento (ressurreição) na história humana?

 

Prestação de contas.

  1. Como fica o seu coração, ao constatar que a morte é algo real e certo na sua vida?
  2. Você acredita que haverá um dia em que os mortos serão ressuscitados?
  3. O que o leva a acreditar que a ressurreição de uma pessoa morta é possível?

 

Missão e evangelismo.

  1. Eu creio na ressurreição, como a farei conhecida daqueles que estão ao meu redor?
  2. Além de orar, o que mais você pode fazer para que a ressurreição seja compreendida e aceita?

 

Oração.

  1. Se Jesus não ressuscitou, vã é nossa fé. Mas Ele (Cristo) vive. Louve a Deus por isso.
  2. Quando Jesus voltar, a ressurreição e a transformação dos crentes serão repentinas e eternas.

Versão para impressão