Estudo Candeia – A festa exige traje a rigor

Categories: Candeia,Notícias

Estudo Dirigido para Candeia

 

A festa exige traje a rigor

Mateus 22:1-14

1 Jesus lhes falou novamente por parábolas, dizendo:

2 “O Reino dos céus é como um rei que preparou um banquete de casamento para seu filho.

3 Enviou seus servos aos que tinham sido convidados para o banquete, dizendo-lhes que viessem; mas eles não quiseram vir.

4 “De novo enviou outros servos e disse: ‘Digam aos que foram convidados que preparei meu banquete: meus bois e meus novilhos gordos foram abatidos, e tudo está preparado. Venham para o banquete de casamento! ’

5 “Mas eles não lhes deram atenção e saíram, um para o seu campo, outro para os seus negócios.

6 Os restantes, agarrando os servos, maltrataram-nos e os mataram.

7 O rei ficou irado e, enviando o seu exército, destruiu aqueles assassinos e queimou a cidade deles.

8 “Então disse a seus servos: ‘O banquete de casamento está pronto, mas os meus convidados não eram dignos.

9 Vão às esquinas e convidem para o banquete todos os que vocês encontrarem’.

10 Então os servos saíram para as ruas e reuniram todas as pessoas que puderam encontrar, gente boa e gente má, e a sala do banquete de casamento ficou cheia de convidados.

11 “Mas quando o rei entrou para ver os convidados, notou ali um homem que não estava usando veste nupcial.

12 E lhe perguntou: ‘Amigo, como você entrou aqui sem veste nupcial? ’ O homem emudeceu.

13 “Então o rei disse aos que serviam: ‘Amarrem-lhe as mãos e os pés, e lancem-no para fora, nas trevas; ali haverá choro e ranger de dentes’.

14 “Pois muitos são chamados, mas poucos são escolhidos”.

 

Encontro – Quebra Gelo:

Você já foi, por algum motivo, impedido de participar de uma festa? Por quê?

 

Exaltação:

1 Cântico_______________________________________________________

2 Cântico_______________________________________________________

 

 

Edificação

 

Verdade.

 

A parábola é uma estória engenhosamente inventada. Trata-se de uma forma de comunicação do primeiro século, que Jesus lançou mão para dizer aos judeus que os gentios os precederiam na festa do último dia. E mostra que Jesus como bom comunicador estava antenado com seu tempo.

Na cultura judaica, normalmente dois convites eram esperados quando um banquete de casamento era oferecido.

O primeiro convite era para que os convidados tomassem ciência e comparecessem ao local da festa.

O segundo convite anunciava que tudo estava preparado, tudo estava pronto. Que já podiam ir.

Aqui o Deus, o rei, chamou os seus convidados por três vezes… Tais convidados se mostraram contrários e desinteressados, recusaram veementemente o convite, alegando que tinham outros a fazerem mais importantes, chegaram ao absurdo de maltratarem e até matarem os mensageiros. O rei, irado, excluiu os judeus descrentes e passou o convite aos gentios. Ele já havia mandado matar os bois e novilhos gordos; o rei queria a sua festa cheia de pessoas, muitos risos e músicas, um ambiente alegre e acolhedor, para comemorar o casamento do seu filho. Essa festa não tem data para terminar.

Os convidados não devem se deixar enganar: as vestes da justiça de Deus não poderão ser substituídas pelas vestes da justiça própria. Tal veste é oferecida na entrada da festa e quem rejeitá-la não ficará na festa, mas será jogado para fora, onde haverá choro e ranger de dentes, a recusa e a desobediência ao evangelho são fatais. Significa ficar a eternidade na ausência de Deus.

Por isso Deus nos manda vários convites, por várias e várias vezes. Qual tem sido a sua resposta ao convite para a festa que exige traje a rigor?

-Há alguma consideração que você gostaria de fazer sobre o texto bíblico (Mt 22. 1-14)?

 

Capacitação.

  1. Qual é o assunto principal desse texto que acabamos de ler?
  2. O que o texto diz sobre os convidados originais?
  3. Depois desse incidente a quem o rei dirige o convite para a festa?

 

Prestação de contas.

  1. Quando você recebeu pela primeira vez o convite para ir à festa do Senhor?
  2. Com quem você se identifica nessa parábola? Por quê?
  3. Você já possui vestes apropriadas para entrar na festa do Senhor no último dia?

 

Missão e evangelismo.

1.Quem você gostaria de ver nessa festa?

2.O que você pode fazer para encorajar essa pessoa a adquirir as vestes para a festa?

 

Oração.

  1. Peça a Deus para colocar duas pessoas que ele quer que você convide para a festa. Escreva esses nomes num papel?
  2. Há alguém do seu círculo de vivência que está precisando de oração para cura ou libertação?