Estudo Candeia –

Categories: Candeia,Notícias

Um clamor pelo Brasil

Mateus 6: 9-15

9 Vocês, orem assim: ‘Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome.

10 Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.

11 Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia.

12 Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores.

13 E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém’.

14 Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará.

15 Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas”.

16 “Quando jejuarem, não mostrem uma aparência triste como os hipócritas, pois eles mudam a aparência do rosto a fim de que os homens vejam que eles estão jejuando. Eu lhes digo verdadeiramente que eles já receberam sua plena recompensa.

Encontro – Quebra Gelo:

Imagine… Você deixou de receber água na sua casa, porque sumiu um parafuso da sua bomba d’água, mas ao visitar um povoado, você vê na bomba d’água daquela comunidade, o parafuso que se perdeu. O que você faria diante disso?

Exaltação: 

 

Cântico 1 ______________________________________________________________

Cântico 2 ______________________________________________________________

 

Edificação:

 

Nestes versículos, Jesus ensinou aos seus discípulos como orar, como clamar. Esta oração serve de padrão para orações posteriores. A oração é um elemento que deve ser usada como resposta às circunstancias emocionais internas e sociais externas e outras circunstancias… Jesus orientou os seus discípulos a reconhecer e glorificar a Deus pela sua santidade; pedir que seu Reino fosse ampliado aqui na terra, passando pelo coração dos indivíduos, e só depois, apresentar suas necessidades diárias. É bom lembrar que toda provisão ao ser humano vem de Deus é Ele quem o sustenta e supre nossas necessidades. Pensar que produzimos a nossa subsistência é um erro! Reconhecer a dependência de Deus; é a postura correta do cristão.

No contexto da oração, Jesus dá uma dica preciosa advertindo sobre o perdão: se você nega perdão ao outro, Deus negará perdão a você. O perdão recebido deve ser concedido. Esse é o sentido coerente do cristianismo, e mais, a origem do perdão está no sacrifício de Cristo. Não na atitude humana!

Portanto, como discípulos atuais de Cristo, vivendo num país desestruturado, sem referencial, sem direção, sem provisão suficiente, sem amor e respeito pelo próximo é coerente usar do poder da oração, e juntos clamarmos ao Rei Jesus para que Ele intervenha no coração dos crentes; e a paz e a direção do país serão resgatadas.

O que você gostaria de destacar nesse comentário?

 

Capacitação

1)- Quem está ensinando, e a quem está sendo ensinada esta oração?

2)- Por que Jesus recomenda aos seus discípulos que orem?

3)- Qual o pedido na oração do “pai nosso” que você acha mais relevante?

 

Prestação de Contas

1)- O que vem à sua mente quando lê esta frase: “Um clamor pelo Brasil?

2)- Quando você ora, quem ou o quê, é o alvo da sua oração?

3)- Como você pode contribuir para mudar a realidade do Brasil hoje?

 

Evangelização – Missão

1)- Em que a “oração do Pai nosso” pode orientar na relação das pessoas com o país?

2)- O seu compromisso com Deus denuncia ou reforça a corrupção praticada pelos outros?

Oração

1)- O que acham de levantarmos um clamor pelo nosso país, agora?

2)- Coloque os seus motivos pessoais e familiares diante de Deus em oração.

Versão para impressão